Meus caros amigos,

Hoje inicio uma nova classe de posts que chamarei de "Falsas Premissas".

Vocês me perguntariam "Por que este nome, Albert?". Para explicar isso, começo com esse post introdutório, explicando o significado de premissa e porque ela é tão importante no discurso sedutivo, que visa convencer alguém de algo, como nos discursos religiosos e políticos por exemplo.

Eu diria, de uma maneira didática, que a premissa é um pedaço de lógica, é um ponto de partida do qual, associando-se a outras premissas, se chega a uma conclusão válida. Ou seja, juntando várias premissas verdadeiras, se chega, por associação a uma conclusão também verdadeira. Assim, na Lógica, a premissa é uma fórmula considerada hipotéticamente verdadeira.


Mas também, para entender este artigo, é importante que entendamos o que vem a ser essa tal Lógica.

A Lógica, meus irmãos, tem origem no grego clássico "logos" (λόγος), que significa palavra, pensamento, idéia, argumento, relato, razão ou princípio. É verdadeiramente uma Ciência e tem um quê de matemática já que funciona como um sistema de fórmulas, embora seja essencialmente filosófica! Eu diria que a Lógica alia a razão (matemática) à inspiração do pensamento (filosofia).

Mas enfim, qual a função da Lógica? Bom, se Lógica = Pensamento = Fruto do Conhecimento = Busca da Verdade, então concluimos que a Lógica = Busca da Verdade. Dessa forma, como a Lógica tem muito a ver com matemática, os antigos filósofos, entre eles Aristóteles, estabeleceram que a busca pela verdade necesita algumas regras.

De fato, a Lógica na Grécia Antiga era chamada de "Ciencia do Bem Pensar", porque somente pelo "bem pensar" ou o pensar lógico, que se vale axiomas e regras de inferência para representar um raciocício válido, se pode chegar à verdade.

Como a Lógica se utiliza de sistemas que definem o "como pensar bem", ou então como se deveria pensar para não errar, usando a razão, se entende porque essa Ciência é tão importante para diferenciar um bom de um mau argumento. Ajuda a diferenciar um argumento válido de um argumento falacioso.

Muito bem! Quem ainda segue firme e forte no texto deve estar "sedento" para saber como pensar logicamente. Que regras e sistemas são estes que nos ajudam a diferenciar um charlatão de um verdadeiro "conhecedor", o mentiroso do sincero, o falso do verdadeiro?

Calma lá! Cada coisa no seu tempo. Antes disso vamos saber um pouco
mais sobre um personagem que é conhecido como o pai da Lógica clássica,
um cara chamado Aristóteles.

Muito de vocês já devem ter ouvido falar desse grande filósofo. Além de ser o principal organizador das idéias da Lógica clássica, Aristóteles, que foi aluno de Platão, é considerado um dos maiores pensadores de todos os tempos e o que mais influenciou o pensamento ocidental. Ele deu enormes contribuições nas áreas da ética, política, física, metafísica, psicologia, poesia, retórica, zoologia, biologia, historia natural, ufa... Além de, claro, ter sido o criador do pensamento lógico. Alguns aí vão dizer que o "Ari" era um "iniciado". Segundo a "lógica" dessas pessoas, somente o fato de uma pessoa ter sido inteligente, um filósofo, um pensador, é porque foi um "iniciado". Meu artigo não tem o objetivo de discutir conjecturas ou teorias sobre a pessoa de Aristóteles e sim sua inegável contribuição para o pensamento ocidental.

Mas enfim, quais foram as regras e como Aristóteles as organizou para definir a Lógica clássica? Tudo isso está numa obra chamada Organon, mas isso, meus amigos, este será o tema do Capítulo II.
Até lá!

Graça e Paz,
Albert Pike.

1 comments:

"Amai-vos uns aos outros como eu vos amei" Infelizmente não é isso que percebo neste veículo. Mas eu os amo acima de tudo.

Sou Aquele que chora ao lado direito do Pai. Derramo lágrimas de felicidade aos poucos, estes que não se encontram aqui, e lágrimas de tristeza e decepção que se perdem no profundo oceano da ignorância, como promovida por todos que se envolvem neste veículo.

Vocês amam a mim ou ao seus egos mesquinhos que perdem tempo com tais atitudes agressivas?

Apenas um único e verdadeiro mandamento deve predominar sobre todos: "Amar a Deus sobre todas as coisas"

Não percam tempo cultivando o ódio e o rancor. Se vocês se sentiram ofendidos é porque o ódio mora em seus corações. O ódio não mora em mim e nem em meu Pai.

Como amar a Deus se perdem tempo cultivando e materializando tais gestos negativos?

Pedro muito me decepcionou ao apedrejar Simão. Hoje Pedro choras junto a mim.

Não repitam o que não condiz a mim e a meu Pai. O Reino de Deus não pertence apenas a humanos cristãos, e sim àqueles humildes e puros de coração.

Por favor meu caro filho, não dê as costas para mim tal qual a família que me negou por eu estar na forma de um mendigo.

Com amor,
Aquele que vos guarda Dia e Noite.

Anonymous said...
May 9, 2008 at 7:39 AM  

Post a Comment